Funcionou onde hoje é o Centro de Apoio a Idosos

Boas recordações do antigo
Hospital da Misericórdia de Portimão

Apesar do escasso número de médicos e de muitas carências em equipamento, esta unidade hospitalar cumpriu as suas funções, numa época de grandes dificuldades

A Santa Casa da Misericórdia de Portimão (SCMP), à semelhança de dezenas de outras congéneres no país, tem um passado de séculos na assistência à população, em vários âmbitos e domínios. Até poucos depois do 25 de Abril, era esta instituição assistencial que geria o hospital local, denominado, então, de Hospital da Misericórdia de Portimão. A transferência da tutela da SCMP do seu novo hospital, inaugurado em 1973, para o Estado, ocorreu aquando da criação do Serviço Nacional de Saúde.

A Santa Casa da Misericórdia de Portimão, atenta à realidade social e cumprindo a função que lhe está destinada, mantem, entre muitas outras ações, o Apoio Domiciliário a 63 seniores, na qual empenha 11 funcionárias e três veículos, funcionando o serviço nos sete dias da semana.
O apoio consiste no fornecimento de almoço e reforço para jantar, consistindo a refeição de sopas, prato de carne ou peixe, pão e fruta. No caso de a pessoa necessitar de ajuda para comer, a mesma é-lhe garantida pelas assistentes.

Crianças da creche, infantário e Sala de Estudo
da Santa Casa da Misericórdia em festa

Dezenas de crianças dos infantário-creche, pré-escolar e sala de estudo da Santa Casa da Misericórdia de Portimão estiveram em festa no pavilhão Arena, na passada sexta-feira. O fim do ano escolar e com ele o culminar do projeto letivo, este ano subordinado, entre outros, ao tema “Cinema e Teatro”, foram a razão justificada para um encontro, feliz e bem animado, de todos os petizes que, no dia-a-dia daqueles estabelecimentos de ensino e apoio à criança, aprendem e evoluem no seu processo cognitivo, sob o olhar atento e avisado de quatro educadoras de infância, duas monitoras, 13 auxiliares de ação educativa e uma auxiliar de serviços gerais.